best free website maker

10 Mandamentos para o Sucesso em uma Sociedade

por André Silveiro

1. Preliminares: Por que casar se podemos não casar (1)? Ou seja, cogitar substituir relações societárias por relações não societárias (Contratos Comerciais (2), Parcerias, SCP, Consórcio). Ao menos, antes de se decidir pelo casamento, experimentar com o namoro e o noivado que são uma destas alternativas não societárias.

2. Requisitos entre os sócios: (a) complementaridade; (a) afinidade e confiança; (b) valores similares (3)  internalizados (4); (c) capacidade de reconhecer as potencialidades, respeitar as diferenças (5) e desenvolver as competências;

3. Prevenção I: As patologias mais comuns, que azedam os relacionamentos, são atribuídas à falta de comunicação. Prevenção = Muito Diálogo (ou seja, reuniões periódicas freqüentes);

4. Prevenção II: Em grupos de três sócios, o problema mais freqüente está ligado à formação de triângulos (“2X1”). Evitar a triangulação através da formação de um “foro” (órgão colegiado - board com outsider (6));

5. Cuidados I: Desvendar as premissas implícitas de cada um (Só casei por que pensei que ele fosse trazer X clientes; pensei que ele fosse aprimorar a tecnologia...);

6. Cuidados II: Acertar desde logo as regras para o divórcio “A saída se combina na entrada” (Cláusula Buy\sell);

7. Cuidados III: Em sociedades de serviços, Não estabelecer a destinação dos resultados somente com base em percentuais fixos;

8. Convergência I: Elaborar Plano de Negócios (7)  (testa a real convergência de posição dos sócios, nos primeiros anos, no tocante a origem e destinação dos recursos, focos do business ...);

9. Convergência II: Projeto de destino a longo prazo (testa a convergência a longo prazo) (Manter indefinidamente o negócio em busca de excelência X engordar o porquinho para vender em 5 anos; ou captar Private Equity e fazer IPO em Y anos);

10. Convergência III: Boas cercas fazem os bons vizinhos - Elaborar acordo de sócios regulando tudo o que for possível. Inclusive (a) quoruns especiais para deliberações relevantes, (b) direito de preferência, (c) tag along, (d) drag along, (e) demarcar atribuições operacionais de cada sócio; (f) estabelecer políticas de destinação de resultados X retenção; estabelecer políticas de capitalização, de remunerações, de fringe benefits.



Notas:
(1) Avoiding divorce by not getting married (Scott T. Fenstermaker);
(2)  Fornecimento, Transferência de Tecnologia, Distribuição, Representação, Investimento, …
(3)  Uma organização não tem uma cultura. Ela é uma cultura (Henry Mintzberg in “Srategy Safari”);
(4) Jim Collins & Jerry Porras in “Built to Last”;
(5)  Nosso grande erro é tentar obter de cada um as virtudes que ele não tem e esquecer de cultivar as virtudes que ele tem. (Marguerite Yourcenar)
(6)  Um board com membro(s) independente(s) (outsiders) funciona como algodão entre os cristais, diluindo a polarização triangular “2X1” e agregando expertise em áreas diferentes e olhando exclusivamente os interesses da empresa.
(7)  Planejamento Estratégico também é altamente recomendável.

Silveiro Advogados

PORTO ALEGRE
Rua Dom Pedro II, 1240 - 6º andar - Higienópolis - CEP 90550-141
SÁO PAULO
 Pç General Gentil Falcão, 108, 3º andar - Brooklin Novo - CEP 04571-150